PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Dicas de Vestibular

Como se organizar para deixar o estudo do segundo semestre mais produtivo?

Dicas de Vestibular

03/08/2022 12h41

*Por Bárbara Souza, psicóloga do Curso Anglo

Muitos vestibulandos se perguntam como podem otimizar os estudos até o início dos vestibulares em novembro. A organização e o planejamento do tempo, junto à clareza de quais conteúdos são mais necessários para si, são ferramentas preciosas para aproveitar esse período que parece curto, mas em que é possível fazer muita coisa!

Uma ação importante é identificar quais são os conteúdos ainda não dominados ou desconhecidos e que costumam cair nos vestibulares pretendidos, pois isso ajuda a otimizar o tempo e a energia investidos nos estudos. Essa seleção pode ocorrer a partir de vestibulares de anos anteriores recentes, a partir de simulados específicos dessas provas ou de cursos preparatórios para os vestibulares ou, até mesmo, analisando o conteúdo programático disponibilizado no edital pela banca responsável pelo vestibular.

Considerando o segundo semestre, o estudante tem no mínimo dezesseis semanas para estudar os conteúdos que identificou como mais necessários para si e que costumam cair nas provas a que concorrerá. Planejar os conteúdos a serem estudados a cada semana, distribuindo nos dias em conformidade com o conhecimento e habilidade que tem no conteúdo (quanto mais dificuldade, mais tempo será necessário para compreender o tema abordado) é uma estratégia que favorece o aproveitamento do tempo. É importante que o vestibulando busque subdividir temas mais extensos em blocos e os distribua ao longo dos dias, intercalando conteúdos de diferentes áreas do conhecimento, evitando manter uma sequência longa e ininterrupta de um mesmo padrão de raciocínio (por exemplo, estudar exatas por muito tempo seguido) porque isso pode provocar mais cansaço.

Cronograma de estudos montado, agora é a vez de investir no como estudar e, para quem prestará vestibulares, é fundamental treinar os conteúdos fazendo exercícios. O estudo da teoria é muito importante, mas não é suficiente, pois nos vestibulares, os conteúdos caem em formato de exercícios, que muitas vezes são testes. Outra maneira de testar os conteúdos é fazendo as provas de anos anteriores recentes, pois assim, o vestibulando conhecerá melhor os tipos de questões recorrentes, bem como poderá desenvolver uma estratégia de acordo com o modelo do vestibular que fará, ganhando agilidade na resolução e evitando surpresas. Aliás, treinar provas também é um recurso importante para avaliar e revisar aqueles conteúdos que já foram estudados, identificando os que ainda estão frágeis e precisam de reforço.

Por fim, mas não menos importante, o vestibulando precisa ter clareza de que manter o equilíbrio físico, cognitivo e emocional é fundamental! Quando falamos do equilíbrio físico, estamos nos referindo aos cuidados com a saúde do corpo e o respeito aos limites, por exemplo, manter preservadas atividades físicas, de lazer e o período de sono necessário para o descanso. Esses aspectos estão intimamente ligados ao equilíbrio cognitivo e emocional. Muitos vestibulandos erroneamente acham que devem dormir menos ou não praticar atividades físicas para dedicar mais tempo aos estudos e "dar um gás na reta final para os vestibulares", entretanto, o mais comum é provocar desadaptação para o corpo, podendo prejudicar a atenção e favorecer a ansiedade, já potencialmente mais alta que o normal devido à aproximação das provas. Portanto, cuidar da saúde física e mental, é muito importante para chegar bem nas provas!

Sobre os Autores

O Dicas de Vestibular é produzido e atualizado pelos professores do Anglo Vestibulares e do Sistema Anglo de Ensino.

Sobre o Blog

Neste espaço, o estudante encontra temas da atualidade, conteúdos que mais caem nas provas e dicas para se sair bem nos processos seletivos e no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O conteúdo também é útil aos interessados em provas de concursos.

Dicas de Vestibular