Topo
Dicas de Vestibular

Dicas de Vestibular

Histórico

Devo manter meu ritmo de estudos mesmo nas férias?

Dicas de Vestibular

01/07/2019 12h15

*Por Madson Molina, professor do Anglo Vestibulares

Atualmente, o Enem e a maior parte dos vestibulares do Brasil utilizam em seus exames um extenso currículo de três anos do ensino médio. Desse modo, pode-se concluir que a preparação do estudante para passar em um vestibular concorrido deve ser pensada para um intervalo de tempo de médio prazo.

No caso dos estudantes já egressos do ensino médio, esse desafio se torna ainda mais difícil, dado que o único recurso que pode ser considerado igual para todos os vestibulandos é o tempo entre duas provas consecutivas (normalmente, um ano). Por esse motivo, os vestibulandos que melhor fazem a gestão do conteúdo cobrado dentro desse tempo disponível são os que garantem as melhores estratégias para conquistar a tão sonhada vaga.

Nesse sentido, uma idiossincrasia que muitos encontram é o fato de que, durante toda a educação básica, o período de férias está diretamente associado a momentos de descanso e lazer. Porém, em um cenário de tempo escasso, as férias de meio de ano podem ser uma ótima oportunidade para se destacar em relação aos seus concorrentes. Nesse aspecto, é possível levantar alguns pontos que talvez possam balizar sua preparação nesse período.

  • Que dias escolho para estudar?

Para essa decisão, vale lembrar que o segundo semestre é extremamente longo, intenso e cansativo. Por esse motivo, não é indicado que o estudante estude todos os dias de férias, correndo um sério risco de arrefecer no segundo semestre.

Sendo assim, talvez destinar a última semana para um descanso total e as primeiras semanas para estudo possa fazer mais sentido. Nessa linha, destaco um ponto importante: não misture dias de estudo com dias de lazer. O seu cérebro precisa reconhecer o descanso e identificar uma espécie de "marcador" de encerramento do primeiro para o segundo semestre.

  • Como eu divido o tempo de cada dia?

Vale lembrar que, caso o vestibulando opte pelo estudo, esse período de trabalho não precisa ser, necessariamente, tão árduo quanto no período letivo. Como exemplo, um dia de estudo nas férias pode começar às 08h, encerrando esse período às 12h. Com duas horas para almoço e descanso, o estudo pode retornar às 14h, com encerramento às 18h. Perceba que, em um dia assim, você terá estudado 8 horas em um clima de "quase férias"!

  • Quais conteúdos eu escolho para estudar em cada bloco?

Algumas prioridades podem ser elencadas nesse momento, por exemplo: "tarefas atrasadas", assuntos que você esquece com mais facilidade, matérias de provas específicas ou ainda os assuntos que possuem maior incidência nos vestibulares.

Para que todo esse planejamento funcione, é fundamental que o aluno analise com calma e antecedência todas as demais decisões tomadas. Em seguida, é possível criar a sua planilha de estudos com todas essas diretrizes.

Finalmente, caso ainda sobrem alguns assuntos que você gostaria de estudar, mas não couberam em seu planejamento, tenha-os anotados. Essa lista será de suma importância em momentos decisivos que ainda virão no segundo semestre, como as aulas de revisão e os dias que antecedem as provas.

Boas férias de estudo!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre os Autores

O Dicas de Vestibular é produzido e atualizado pelos professores do Anglo Vestibulares e do Sistema Anglo de Ensino.

Sobre o Blog

Neste espaço, o estudante encontra temas da atualidade, conteúdos que mais caem nas provas e dicas para se sair bem nos processos seletivos e no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O conteúdo também é útil aos interessados em provas de concursos.