Topo
Dicas de Vestibular

Dicas de Vestibular

Histórico

A geometria ao nosso redor

Dicas de Vestibular

28/05/2019 13h03

* Por Rodney Brasil Luzio, professor do Anglo Vestibulares.

Olhe ao seu redor. As formas geométricas são parte integrante do nosso cotidiano e definem algumas relações com os espaços em que vivemos. A geometria deve ir além do cálculo de perímetros, áreas e volumes. Identificar formas geométricas e saber relacioná-las pode ser, muitas vezes, um exercício mental que fazemos intuitivamente, mesmo sem saber conceitos específicos de figuras planas ou espaciais.

Ao caminhar por uma praça – circular, quadrada ou retangular – e escolher o melhor (menor) caminho para percorrê-la, usamos desde habilidades elementares, como o conhecimento de uma diagonal, usando o teorema de Pitágoras, ou do comprimento de um arco de circunferência, a conceitos elaborados, envolvendo redes ou grafos pela análise de grandezas como tempo, distância ou perdas, muito utilizados em pesquisas em Engenharia ou Ciência da Computação.

Outro exemplo do cotidiano pode ser observado ao irmos ao supermercado e nos depararmos com produtos que possuem embalagens formadas por figuras semelhantes com tamanhos e preços diferentes. Qual delas vale mais a pena levar?  A capacidade de relacionar elementos abstratos com estruturas algébricas pode ser útil nessa situação. Ao observarmos uma flor, um fractal ou o corpo humano, facilmente identificamos elementos geométricos por meio de simetrias ou razões entre seus elementos. A proporcionalidade, seja por meio de conceitos presentes em medições lineares, seja em cálculos de áreas, é uma ferramenta que merece um olhar cuidadoso e que pode responder a questões do tipo: quanto vale? Quanto cabe?

Podemos também identificar elementos de geometria durante uma diversão.  Num jogo de bilhar, o formato da mesa, a angulação de posicionamento do taco em relação à bola e os ângulos de incidência e reflexão em cada tacada são fatores que podem contribuir para o êxito de um jogador numa partida. Ele precisa realmente saber matemática para ganhar? Não! Mas, se souber, a probabilidade de ganhar pode aumentar.

Assim, os conteúdos de geometria, elaborados ou não, estão presentes no dia a dia e podem exigir habilidades, aparentemente complexas, que terão maior êxito à medida que estruturas simples forem assimiladas de forma consistente, com significados claros e representativos. Identificar, relacionar, inferir, argumentar, extrapolar e concluir são atributos que desenvolvem de maneira muito eficaz o raciocínio lógico matemático, útil em qualquer atividade humana. Quem nunca se deparou com uma obra em sua casa e enfrentou situações que necessitavam de uma solução geométrica? Ou, ao arrumar objetos, necessitou decidir qual a melhor forma de recipiente que deveria usar?

Exercite e qualifique o seu olhar. Observe por meio de perspectivas. Olhe de novo ao seu redor. A geometria está por aí.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre os Autores

O Dicas de Vestibular é produzido e atualizado pelos professores do Anglo Vestibulares e do Sistema Anglo de Ensino.

Sobre o Blog

Neste espaço, o estudante encontra temas da atualidade, conteúdos que mais caem nas provas e dicas para se sair bem nos processos seletivos e no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O conteúdo também é útil aos interessados em provas de concursos.