Topo
Dicas de Vestibular

Dicas de Vestibular

Histórico

O dia do livro e a leitura no vestibular

Dicas de Vestibular

23/04/2019 12h16

* Por Paulo Giovani de Oliveira, professor do Anglo Vestibulares

A UNESCO promove o dia 23 de abril como o dia internacional do livro e dos direitos autorais. Data notável! O livro é um objeto que acompanha a Humanidade há muitos séculos: folhas encadernadas, marcadas por sinais que registram aquilo que as pessoas não querem esquecer. Alma, sentimentos, projetos, ambições e dinheiro, tudo materializado em sinais legíveis. Memória fora do cérebro! Isso permitiu ao ser humano a liberdade de ocupar seu raciocínio e a sua própria memória em várias outras funções. Desde as tabuinhas de argila dos sumérios até as telas brilhantes de nossos computadores, ler é uma das atividades mais dignas a que um ser humano pode se dedicar.

As vestibulandas e os vestibulandos devem mergulhar profundamente no universo da leitura para enfrentar o grande desafio das provas. São horas e horas dedicadas a ler, ler e ler. Conhecer conteúdos relativos às mais diversas disciplinas — um conhecimento acumulado por séculos de evolução cultural. Antigos filósofos certamente ficariam admirados com a familiaridade que um bom aluno demonstra a respeito dos mais diferentes assuntos. Isso não pode ser menosprezado.

Para além de todo esse conhecimento estruturado de modo científico, os estudantes devem também conhecer importantes livros literários escritos em nosso idioma. Textos estéticos, com função de arte. O que obras não comprometidas com a verdade científica podem nos ensinar? A literatura não trabalha com a verdade: é justamente essa liberdade de criação e de sonho que permite olhares profundos a respeito da realidade. Lendo uma obra de ficção como Mayombe, por exemplo, estudantes podem conhecer a guerra de independência de Angola numa dimensão muito mais humana e intensa do que num manual de história contemporânea.

O trabalho não é pequeno. Considerando apenas a prova da Fuvest, os estudantes devem conhecer profundamente nove obras literárias: Poemas escolhidos de Gregório de Matos, que é uma antologia deste genial poeta seiscentista; Quincas Borba, de Machado de Assis — um romance que mostra como a ambição financeira destrói todos os limites morais; O cortiço, de Aluísio Azevedo — uma narrativa moldada pelo pensamento cientificista do século XIX; A relíquia, de Eça de Queirós — as trapalhadas de um narrador disposto a tudo para pôr as mãos na herança da tia religiosa; Minha vida de menina, de Helena Morley — o diário de uma menina arguta e irrequieta, que registra com profundo interesse seu cotidiano ao mesmo tempo local e universal; Angústia, de Graciliano Ramos — a alma perturbada de um intelectual insatisfeito consigo e com o mundo; Claro enigma, de Carlos Drummond de Andrade — as disposições líricas de um poeta que vislumbra a velhice e a morte; Sagarana, de Guimarães Rosa — alegorias sobre o Bem, o Mal e o Amor ambientadas no sertão de Minas Gerais; e, por fim, o já citado romance angolano Mayombe, do ex-guerrilheiro Pepetela.

Como dar conta de todas essas obras? Sejamos práticos: no ano da preparação para o vestibular, é preciso uma separação simples: ler primeiro os livros que ainda não foram lidos durante a trajetória escolar. Feito isso, reler aqueles com os quais nos sentimos mais inseguros. Não se pode esquecer do apoio de materiais de estudo indispensáveis, como dicionários, enciclopédias e análises críticas.

Ler é um ato solitário. É um contato direto com aquilo que foi pensado por uma pessoa distante de nós no espaço e no tempo. Celebrar esse ato é celebrar a linguagem, aquilo que nos torna profundamente humanos, diferentes de todos os outros animais do planeta.

Castro Alves assim exaltou o livro:

"Oh! Bendito o que semeia
Livros…livros à mão cheia,
E manda o povo pensar!
O livro caindo n'alma
É germe — que faz a palma,
É chuva — que faz o mar".

Salve o dia do Livro!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre os Autores

O Dicas de Vestibular é produzido e atualizado pelos professores do Anglo Vestibulares e do Sistema Anglo de Ensino.

Sobre o Blog

Neste espaço, o estudante encontra temas da atualidade, conteúdos que mais caem nas provas e dicas para se sair bem nos processos seletivos e no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O conteúdo também é útil aos interessados em provas de concursos.