PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Dicas de Vestibular

Entre lives e calls: o estrangeirismo no dia a dia

Dicas de Vestibular

17/09/2020 09h57

Por Maurício Pierucci, professor do Anglo Vestibulares

Toy bricks on the table

Venha provar meu brunch
Saiba que eu tenho approach
Na hora do lunch
Eu ando de ferryboat

Assim Zeca Baleiro inicia o seu "Samba do Approach", criando um jogo de palavras estrangeiras que vêm sendo incorporadas ao nosso vocabulário cada dia mais. A música traz consigo a influência estrangeira, principalmente do inglês, sobre nossa língua – consequência da globalização e da abertura de nosso país à cultura (filmes, músicas, etc.) norte-americana. A esse fenômeno damos o nome de anglicismo, que é o usado para classificar aquelas palavras do inglês que utilizamos em nosso idioma. Anglicismo é uma derivação de anglo, elemento de composição de adjetivos que significam inglês.

Embora  o termo pareça novo para alguns, fatores como o surgimento de novas tecnologias e suas atualizações, sua função linguística e o avanço da Inglês como uma língua franca (tomada como língua comum de grupos sociais que falam, cada um, uma língua diferente dos outros)  perpetuaram o anglicismo na nossa Língua Portuguesa. Há um sem-número de anglicismos presentes em nosso idioma: desde air-bag, check in, cupcake, fast-food até internet, site, home page e mouse. Alguns ouvem música gospel; outros preferem jazz. Shopping-Centers fazem anúncios de seus slogans em outdoors. Amigos pedem que se enviem links pelo Whatsapp. Pessoas vão até o trailer da esquina para um delicioso hot-dog.

No contexto da pandemia, novas palavras de origem inglesa tornaram-se ainda mais comuns. "Os colaboradores irão trabalhar em home-office a partir de agora e solicitou-se que estejam online durante as horas de trabalho." "O professor fará uma live." "Teremos um call às 11h." "Cuidado com as Fake News sobre o Coronavírus." "O professor de sociologia vai fazer um hangout sobre o movimento Black Lives Matter."

O empréstimo de vocábulos da língua de Shakespeare em nossa sociedade atual parece inevitável e sem fim. Em geral, os brasileiros são anglicistas de carteirinha. Fazem uso do anglicismo como se os vocábulos fossem da Língua Portuguesa. E foi Zeca Baleiro, já no ano de 1999, que nos alertou para esse fenômeno.

Sobre os Autores

O Dicas de Vestibular é produzido e atualizado pelos professores do Anglo Vestibulares e do Sistema Anglo de Ensino.

Sobre o Blog

Neste espaço, o estudante encontra temas da atualidade, conteúdos que mais caem nas provas e dicas para se sair bem nos processos seletivos e no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O conteúdo também é útil aos interessados em provas de concursos.

Dicas de Vestibular